2006/12/11

É humano!

Esperava eu que o livro de Carolina Salgado revelasse que o homem fazia aparecer labaredas nas paredes quando se ria, que tinha gárgulas como animais de estimação e que os alimentava com benfiquistas, que bebia sangue quente ao pequeno-almoço, ou qualquer outra informação que demonstrasse aquilo que eu julgava saber.
Afinal, o único facto assinalável é que o homem se peida.
É humano, portanto.

2 comentários:

Gaguinho disse...

Não deixa de ser um demónio vestido de gente. Vê lá o Pinochet... também largava as suas bufas de vez em quando e daí a dizer que era humano...
Temos a imperial, portanto

NG disse...

Não sei se o Pinochet largava umas bufas, mas lá que fez muita merda fez.