2007/03/20

Depois do ALLgarve (para atrair turistas)

ALL-INtejo (que tornará o Alentejo a Las Vegas da Europa), com as variantes ALL-INtejo HIGH (para atrair jogadores que prefiram um toque jamaicano) e ALL-INtejo LOW (para jogadores reformados).
E-BAYra (para atrair comércio electrónico), DOWro (investidores em vinicultura), EXTREMEdura (amantes de desportos radicais), MINEno (egocêntricos egoistas e vice-versa) e RIBtejo (apreciadores da bela da costeleta de vitela), completam o ramalhete.

2 comentários:

PL disse...

Sim, mas também há Coimbrough e Arganyll

Anónimo disse...

Penso que isto é muito importante visto existir gente que se aproveita da posição que tem para destruir a seu belo prazer.Este processo de despedimento coletivo do Casino Estoril, já dura sensivelmente á vinte e quatro meses, nestas condições não constituirá um escândalo e uma imoralidade proceder-se à destruição da expectativa de vida de tanta gente? Para mais quando a média de idades das mulheres e homens despedidos se situa nos 49,7 anos?
Infelizmente, este despedimento coletivo tem-se vindo a tornar no nosso dia a dia numa situação de banalidade, à qual com pedidos de informação do nosso advogado que nos diz que não pode fazer nada pois é assunto do tribunal.

Em esclarecimentos pedidos ao tribunal, simpaticamente, nos dizem que o nosso advogado nos deve informar sobre o desenvolvimento do nosso processo.

E o que mais choca ainda é vermos - nos como pessoas a ser atingidas com o fim do subsídio de desemprego e que na atual conjuntura, nem emprego nem salário, tudo isto por omissão do cumprimento de deveres quer, sobretudo, por cumplicidade ativa no cometimento de atos que objetivamente favorecem o despedimento de trabalhadores.