2006/10/16

Post em que utilizo, entre outras, as palavras “amiúde”, “zurzem” e “caleidoscópio”

Amiúde, personalidades da nossa praça zurzem no futebol. Que não sei quê, não sei que mais, e que não sei que mais, não sei quê. Quando isso acontece, fico espantado, em especial, quando quem zurze está ligado ao Bloco de Esquerda.
"Porque é que dizes isso, Palhaço?", poderia perguntar Daniel Oliveira, ao ler este post (que não vai ler porque ocupa o tempo todo a ler ou a escrever sobre o que o João Miranda e o AAA escrevem).


"Porque o futebol é uma actividade onde as propostas do Bloco colhem", respondo eu. Reparem:

  • Os trabalhadores ganham mais do que os gestores;
  • Só se despedem os chefes, nunca os trabalhadores;
  • Lucros nunca aparecem: é tudo para os salários dos trabalhadores e os accionistas nunca recebem um chavo;
  • As horas semanais de trabalho são reduzidissimas;
  • Apesar de só precisarem de 11 trabalhadores, contratam sempre quase 30;
  • Nos trabalhadores, as minorias estão em maioria. Há até quem só contrate imigrantes;
  • Os cuidados de saúde com os trabalhadores são de excelente qualidade e gratuitos;
  • As forças de autoridade, tal como os policias britânicos, não utilizam armas: só um apito;
  • O aborto está perfeitamente liberalizado (podia adiantar uns nomes, mas qualquer um chega lá).

Com os meus melhores cumprimentos,

Palhaço

p.s. caleidoscópio

4 comentários:

Daniel Oliveira disse...

Mentira:
1. Não há paridade entre generos
2. O consumo de drogas está proibido
3. As minorias sexuais não são aceites
4. O treinador decide quem joga sem participação democrática dos jogadores

E quem te escreve é o Daniel Oliveira que tem tempo para falar com palhaços.

NG disse...

Daniel,

1. certo;
2. errado: o consumo de drogas não só não é proibido, como até é induzido pelas próprias instituições;
3. errado. Achas que não existem homossexuais no futebol?
4. errado. Nem sempre o treinador decide sem participação democrática dos jogadores. Houve até equipas (selecção da Noruega) onde a equipa titular era escolhida ia a votação de todo o plantel.

Por último, e mesmo sabendo que a malta de esquerda não liga muito a essas coisas, escreve palhaços com maiuscula, fica mais simpático.

rita disse...

Sr. Palhaço:

confesso que venho aqui quase todos os dias e que até me rio com as suas coisas. Mas ultimamente tenho ficado muito desiludida com as suas piadas políticas e a sua clara falta de respeito pelos que não são da sua opinião.

e é triste.

NG disse...

Rita,

tendo em conta o carácter sarcástico deste blog, não vejo, sinceramente, em que é que demonstrei falta de respeito pelos que não são da minha opinião.